.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quarta-feira, 15 de maio de 2013

PAULO AFONSO BAHIA: QUANDO HÁ INTERESSE O TRÁFICO DE INTERESSE FUNCIONA

OS PROCESSOS ELEITORAIS QUE TRAMITAM NA COMARCA ESTÃO QUASE PARADOS EM PAULO AFONSO; AS DENUNCIAS DE COMPRA DE VOTOS ATÉ A PRESENTE DATA NÃO DERAM EM NADA.
EM CONTRA PARTIDA UM PROCESSO CONTRA A COELBA FOI JULGADO EM TEMPO RECORDE E SEU AUTOR TERIA RECEBIDO INDENIZAÇÃO DE 10 MIL REAIS



Até hoje não se tem notícias de quantas andam os processos eleitorais de denuncia de compra de votos, contra o prefeito Anilton Bastos, movido pela Candidata Sonia Caires, contudo um processo que tramitava sob a presidência de um Juiz , teve uma sentença prolatada em tempo recorde contra a COELBA, isso sim causa muita estranheza, pois nada explica que as filmagens, fotos e comprovações não tenham a mesma atenção célere que fez com que a COELBA  fosse condenada.

Trata-se de conveniência processual, pois o Réu de um pode ser sangrado e o Réu de outro não pode ser afastado, protegido de toda a sorte (até em despacho de esquina)  acredita este que ficará para a vida toda no poder, enquanto a cidade se esfacela em crimes diversos, fome, sede, desemprego, buracos e maus tratos. Em ambos os casos as partes interessadas (autoras principalmente) detêm grande influência e neste diapasão impede a justiça de enxergar os fatos e a realidade como de fato são.
Tentando se socorrer na barra da saia da comadre, o prefeito Anilton Bastos recorre a alinhamento de última hora com os governistas, mesmo tendo um deputado federal como cacique opositor do governo estadual e federal ,ferrenhamente.
Essa justiça que se necessita ser independente precisa ser repensada, inclusive quando se chega a notícia que  algum juiz que ganha 14 mil reais estaria disposto a comprar uma fazenda por dois milhões de reais e seu jovem filho moçoilo que recentemente tirou a OAB estaria para comprar uma fazenda por 700 mil reais. Tudo em família, pelo visto.

0 comentários