.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

CNJ DETERMINA APURAÇÃO CONTRA MAGISTRADO GLAUTEMBERG

APÓS APRECIAR PEDIDO LIMINAR DE AFASTAMENTO DO MAGISTRADO, CNJ DETERMINA ABERTURA DE PROCEDIMENTO PARA APURAÇÃO DOS FATOS JUNTO À CORREGEDORIA DO TJ BA



Após pedir providencias numa Reclamação Disciplinar contra o Magistrado Glautemberg Bastos de Luna perante o CNJ, o órgão censor determinou  que a Corregedoria do TJ Baiano apurasse os fatos com as provas apresentadas.
O Magistrado terá que explicar principalmente como permitiu que um servidor estudante de direito pelo turno matutino, pudesse estagiar voluntariamente no mesmo horário que deveria estar trabalhando e recebendo salário por isso. Se ficar comprovado que o Magistrado efetivamente assinou tais declarações, poderá ser aberto processo Administrativo disciplinar com as consequências devidas.

O Magistrado Glautemberg foi  o mesmo que deu voz de prisão ao então servidor Cecílio Almeida Matos, quando o mesmo esteve no gabinete do Magistrado para requerer a apreciação de uma liminar, sendo preso sob a assertiva de que teria levado a liminar em mãos para o Magistrado assinar.

E Agora? O magistrado assinou ou não tais declarações para o servidor protegido pelo mesmo?

O Magistrado poderá ficar à vontade para explicar o inexplicável, inclusive poderá explicar detalhadamente também para o Ministério Público da Bahia.



0 comentários