.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

JUIZ DE PAULO AFONSO NA BAHIA; ACUSADO DE CORRUPÇÃO PASSIVA TEM PROCESSO RETIRADO DE PAUTA

A PEDIDO DO DESEMBARGADOR  RELATOR O MAGISTRADO VITALÍCIO NA COMARCA DE PAULO AFONSO, R.S.A TEVE O PROCESSO, QUE SERIA JULGADO POR CORRUPÇÃO PASSIVA, RETIRADO DE PAUTA



Se quem for pesquisar pelo nome no E-saj do Tribunal de Justiça da Bahia, verificará que não conseguirá encontrar o processo, porém se consultar pelo número ou pelo link desse blog, constatará que efetivamente o processo que seria julgado no dia 06 de novembro foi retirado de pauta a pedido do Desembargador relator, tal fato que chamou atenção do redator do blog, ensejou o encaminhamento do pedido de providencia ao CNJ, pois afinal de contas o magistrado foi denunciado pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DA BAHIA,  órgão que tem sido diligente com relação a atuação de algumas autoridades na Comarca de Paulo Afonso, Bahia. A cidade tem ganho notoriedade através desse blog, nacionalmente, pelas inúmeras denuncias de corrupção, sonegação e etc. No caso do magistrado R.S.A, já denunciado pelo MP,o que não se conseguiu precisar foi o motivo pelo qual o processo teria sido retirado de pauta para julgamento pelo Desembargador Relator. O fato é que o magistrado está na comarca a quase 20 anos, por várias vezes ocupando o cargo de Juiz eleitoral, tendo sua esposa sido nomeada como assessora parlamentar na câmara de vereadores da comarca e ainda Secretária da Procuradoria do Município de Santa Brígida, cidade adjacente à Paulo Afonso; bem como ainda teve  o filho nomeado PROCURADOR JURÍDICO DO MUNICÍPIO DE GLÓRIA, cidade também ao lado de Paulo Afonso, onde lá a prefeita é a Sra. Ena Wilma, esposa do ex Ministro das cidades Mario Negromonte, que fora acusado de envolvimento de escândalos quando fora Ministro das cidades no Governo Dilma Roussef. Para um Magistrado esse envolvimento de familiares em cargos comissionados não fica bem e no mínimo é algo anti ético, até porque a esposa do mesmo jamais poderia ocupar dois EMPREGOS PÚBLICOS  em cargos comissionados, porque é literalmente ilegal. Afinal de contas a acusação de CRIME DE CORRUPÇÃO PASSIVA É GRAVE PARA UM MAGISTRADO.

Vejam o link do processo e acompanhem o andamento processual:


0 comentários