.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

AMBIENTE DE TRABALHO COM "VÍBORAS" ADOECE SERVIDORES

NO JUDICIÁRIO, EM ESPECIAL O BAIANO, O CONVÍVIO NO TRABALHO COM COLEGAS VÍBORAS, JUÍZES VAIDOSOS ,PERSEGUIDORES E CORRUPTOS FAZEM ADOECER OS SERVIDORES



Qualquer ambiente de Trabalho, onde o clima seja insuportavelmente pesado a ponto de debilitar a sanidade mental do trabalhador, levando-o a depressão ou doenças psicossomática provocadas pelo stress e ansiedade, pode levar a incapacitação laborativa do funcionário.
No Tribunal de Justiça da Bahia não é diferente, cada vez mais oficiais de justiça tem feito uso de medicação controlada por não suportar a pressão dessa natureza. Não somente oficiais de justiça, mas trabalhadores que sem condições de trabalho e estrutura física, são absurdamente cobrados naquilo que nada podem fazer. O impasse defronta-se em muitas das vezes quando o magistrado é vaidoso, inoperante e sofre do que muitos operadores do direito chama de "juizite" quando um magistrado pensa que é Deus e pensa que pode fazer e desfazer da vida do funcionário a bel prazer, em nome do serviço público que é evidentemente deficitário.
Falta coragem dos servidores sim; mas é imperativo uma anamnese visando identificar os pontos nevrálgicos imediatos que precisam de atenção , deficitário o departamento de RH e deficitária a atuação dos diversos gestores que em sua maioria são comissionados, oriundos (pasmem) da magistratura. Afobadamente, uma disputa por cargos e indicações levam primeiramente os juízes para cargos que jamais teriam habilidade ou competência para estarem comandando, além de levar a uma "guerra fria" e de nervos entre servidores que tentam se acobertar com o chamado "apadrinhamento" algo demasiadamente comum no Tribunal de Justiça da Bahia. Os que não integram o "sistema" são "enlouquecidos" ou "marginalizados" acabando muitas vezes doentes e aposentados por invalidez, quando não infartam no decorrer da vida pública conquistada.
Dessa forma, muitos que se dizem colegas e amigos, não passam de alpinistas que aproveitam a oportunidade da bajulação para lograrem ascensão profissional.É fato que o Tribunal de Justiça da Bahia, está deixando seus servidores doentes, das mais variadas formas; tais como doenças ortopédicas, coronarianas, transtornos mentais e inúmeros são os casos de servidores fazendo uso de medicação controlada e sofrendo de depressão. O sinal vermelho há muito já foi acendido, mas parece que os "gestores" teimam em privilegiar os apadrinhados !

0 comentários