.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE PAULO AFONSO É INVESTIGADO PELO TCM

APÓS DENUNCIA AO CNJ, O ÓRGÃO CORREGEDOR  NACIONAL DETERMINOU APURAÇÃO DE RESPONSABILIDADES E TCM ABRE PROCESSO NÚMERO: 83966-13




Talvez porque possa se sentir acima das autoridades e talvez porque possa ter uma relação intima com algum magistrado, o Presidente da Câmara de Vereadores possivelmente não se deu conta de que a LEI É PARA SER CUMPRIDA indiscriminadamente, MESMO TENTANDO INTIMIDAR ESTE JORNALISTA COM PROCESSOS CRIMINAIS de CRIME DE CALÚNIA (que não haverá acordo algum). O fato é que o TCM instaurou processo ,cujo procedimento imediato é o termo de ocorrência, em cumprimento à Resolução 1225/06  ,onde em seu artigo 22 assevera o seguinte: 

"O  fato  identificado por  técnicos deste  Tribunal, que  exija  atuação  imediata,  visando impedir a sua continuidade, deverá ser  comunicado à competente Coordenadoria de Controle Externo sob o título de Termo de Ocorrência."

Desta forma ficou evidente que  trata-se de FATO IDENTIFICADO POR TÉCNICOS DO TCM e que EXIGE ATUAÇÃO IMEDIATA.


Havendo em curso dois procedimentos, um que averígua a esposa do magistrado que possui, ou possuía, dois empregos públicos em cargos comissionados e o outro contra o presidente especificamente para o cumprimento da Lei, visando informar quais os servidores, quantos são e quanto cada um ganha ,pois até onde se sabe o mesmo insiste em não dar transparência a tais informações.

Talvez agora, com o peso da caneta do CNJ , de magistrados sérios na comarca de Paulo Afonso e determinação do TCM, o Presidente da Câmara de vereadores da cidade resolva cumprir a lei da transparência e acesso as informações. Espera-se ,contudo, que com isso o Ministério Público local adote as providencias e instaure procedimento para verificação de possível ato de improbidade administrativa. Providências emergentes já estão sendo instadas em Salvador, visando "cortar as asas do Presidente"...




0 comentários