.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 2 de fevereiro de 2014

SERVIDORA DO JUDICIÁRIO DA BAHIA, DÁ AULA DE CIDADANIA CONTRA O SINDICATO DOS SERVIDORES(SINPOJUD)

INDIGNADA COM O SINDICATO DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA BAHIA E COM AS ATITUDES DO TRIBUNAL DA BAHIA PARA COM OS SERVIDORES, SERVIDORA DÁ AULA DE CIDADANIA NO FACEBOOK





Tem um tempo que acompanho, sem interferir, as diversas postagens daqui. Mas, com tanta conversa da "rádio peão", bateu a vontade de um pronunciamento, rs.
Na minha ideia, é certo que o presidente da ocasião vai abrir o seu saco de maldades (tô no TJ desde Zarif e todos, sem exceção - com especial láurea à Telma B. -, destilaram seu veneno contra os servidores - mas só, claro, contra aqueles que Zezé apelidou de "comedores de filé", mas que, à vera, nunca passaram de roedoresde osso.). 
Devem ter procedência sim todas as péssimas notícias vindouras. Me perdoem, mas o TJ só surpreende quem é muito ingênuo, crédulo ou otimista.
O TJ faz o que bem quer, ok? E fará de novo e quantas vezes quiser! Quem irá impedir? Concede, tira, aumenta, reduz, faz e desfaz, diz e desdiz e ficará tudo igual, ok? Nada me faz crer no contrário.
Por quê? Oxe! Essa é fácil: não temos poder de aglutinação, reação, debate. E me pergunto quando foi que tivemos... Greve com quem? A nossa situação é ridícula, vexatória. Somos (ou estamos) limitados. Somos cheios das "opinião" mas sem ação. Cheios dos "saber", mas sem poder. Cheios dos "querer", mas sem direção, posição, liderança. Nossos sindicatos tem "donos(as)" e não somos nós. A gente não confia, não acredita, não bota fé em quem se arvora de "representante", há muito tempo! É, são risíveis. E nós idem. Absurdamente sustentamos os absurdos cometidos por eles - nem preciso elencar - e também a inércia de nada fazer pra nos defender, como deveriam. A gente não faz nada, a gente só reclama. E a moda é mostrar que é muito sabido, chorar as pitangas e reclamar aqui. Só aqui.

Frei Betto tem um texto genial, "10 conselhos para um militante de esquerda". Destaco o 5º e o 6º. Achem as semelhanças, elas existem. E daqui já deixo meu salve à todos.

5. Saiba a diferença entre militante e «militonto».

«Militonto» é aquele que se gaba de estar em tudo, participar de todos os eventos e movimentos, atuar em todas as frentes. Sua linguagem é repleta de chavões e os efeitos de sua ação são superficiais.

O militante aprofunda seus vínculos com o povo, estuda, reflete, medita; qualifica-se numa determinada forma e área de atuação ou atividade, valoriza os vínculos orgânicos e os projetos comunitários.

6. Seja rigoroso na ética da militância.

A esquerda age por princípios. A direita, por interesses. Um militante de esquerda pode perder tudo - a liberdade, o emprego, a vida. Menos a moral. Ao desmoralizar-se, desmoraliza a causa que defende e encarna. Presta um inestimável serviço à direita.

Há pelegos disfarçados de militante de esquerda. É o sujeito que se engaja visando, em primeiro lugar, sua ascensão ao poder. Em nome de uma causa coletiva, busca primeiro seu interesse pessoal.

O verdadeiro militante -como Jesus, Gandhi, Che Guevara- é um servidor, disposto a dar a própria vida para que outros tenham vida. Não se sente humilhado por não estar no poder, ou orgulhoso ao estar. Ele não se confunde com a função que ocupa.

0 comentários