.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

segunda-feira, 28 de abril de 2014

CRÔNICAS DE BROGODÓ CITY: Médicos assassinos tocam o terror

CRÔNICAS DE BROGODÓ CITY: Médicos assassinos tocam o terror e transformam hospital em açougue público.


Realmente a cidade de Brogodó City localizado no alto sertão está malfadada a tragédias, não bastasse seus políticos criminosos, comerciantes sonegadores de impostos, comentarista de rádio de mente perturbada viciado em menores de idade, juiz corrupto, agora eis que surgem médicos assassinos que transformaram com suas ações um dos hospitais em açougue público.

Um dos médicos, filho de um grande deputado que já foi um dia prefeito de Brogodó, sem nenhum pudor operou um cidadão no hospital e após a cirurgia deixou de presente dentro do paciente uma mangueira de soro.

Não se sabe se o tal médico filho do Deputado deixou a mangueira no organismo do paciente após costurá-lo de propósito ou foi mesmo por esquecimento, o fato é que o paciente idoso teve que ir as pressas a capital para não morrer, pois em Brogodó os médicos afirmavam que a dor que ele sentia era apenas cólicas o medicavam e mandava ir pra casa.

Não bastasse no hospital de Brogodó ter médico nó cego assassino de bebês e de gestantes, agora surgem médicos que esquecem dentro de pacientes mangueira, gaze, tesoura...

As pessoas estão sendo tratadas como animais de cobaia pelos profissionais da medicina de Brogodó City.


Pelo menos mais um fato lamentável aconteceu no mesmo hospital, uma médica bastante conhecida e tida como ''experiente'', após realizar um parto cesariana, costurou a paciente deixando um amontoado de gases dentro de seu organismo.

O fato só não passou despercebido graças a enfermeira que era irmã da gestante, que conferiu o número de gases e notou falta de algumas delas.
Enquanto a paciente sofria sentindo fortes dores lombares,  após ser pressionada pela enfermeira a médica acabou confessado que esquecera as gases dentro da sua irmã que estava gestante.

Revoltava a enfermeira e a gestante prometeram processar a médica para que ela responda pelo crime absurdo que cometeu.

Com apelido de Açougue e Matadouro Público, o hospital de Brogodó assiste a cada dia médicos que sofrem de Amnésia e do vicio de matar pacientes tocar o terror naquele lugar, e fazem questão de gazear o plantão médico pedindo para enfermeiros assinarem a folha de ponto em seus lugares.

Realmente a semana em Brogodó City foi animada.

0 comentários