.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

PRA QUE MAIS DINHEIRO, PRA CONTINUAR A MALVERSAÇÃO?

PRA QUE MAIS DINHEIRO, PRA CONTINUAR A MALVERSAÇÃO?



Por: Cecílio Almeida Matos*


Quando um parlamentar se  dirige a uma autoridade federal, a um ministro; pedindo para não enviar mais dinheiro para o município, é porque a gravidade da situação é tamanha que se chegou ao fundo do poço. O dinheiro gasto e jogado pelo ralo, não subtrai a responsabilidade de quem tem o dever de zelar pela  despesa moderada e controle do orçamento. Seja ele prefeito ou secretário municipal.
Ao contrário em vez de fazer politicagem, o vereador, demonstrando seriedade; pede para estancar e fechar a torneira da enxurrada que fez muitos milhões de reais irem para o bolso de quem nada merecia ter embolsado, mas embolsou indevidamente.
Questionou-se como um secretário de saúde gastou 19 mil reais ou mais em diárias, sendo que das quais, por duas vezes  recebeu 3 mil reais em cada oportunidade; tendo ficado hospedado no melhor hotel de Brasília,o hotel Mercury, cuja diária gira em torno de 500 reais.
Veio a denúncia do dinheiro que o governo federal havia enviado para custear um PSF que se quer havia sido inaugurado.
Então o que faz qualquer político de bem? Pedir ao governo federal que continue mandando mais dinheiro para que seja aplicado em  orgias e gastanças sem critério, enquanto o povo passa mal ou é mau atendido nos postos de saúde?
A moralidade com o dinheiro público passa justamente pelo controle do que se é feito com ele. Essa inversão de valores, esse fingimento é que tem corroído “as lamparinas” de muitos senhores na cidade de Paulo Afonso, depois que o vereador Daniel começou a cobrar e atuar rigorosamente como deve atuar todo homem público, todo parlamentar, muito gente começou a perder o sono; muita gente começou a temer pela sua liberdade. Porque se alcançou um vereador corrupto do INSS e o levou a prisão, é sabido pois que virou moda as operações da polícia federal e levarão  á prisão inúmeros prefeitos e políticos corruptos.
Quem se acostumou a ficar rico ás custas do erário público no município de Paulo Afonso ,está vendo chegar a hora do término da sangria, da malversação,da patifaria.
Não importando a cor partidária, quem seja o político ou a que grupo pertença, as operações são deflagradas e as investigações, ainda que demoradas, levam com certeza os responsáveis ás barras dos tribunais.
Tenho comigo, que todos os vereadores que respeitam  o eleitor deve ter em mente, no primeiro momento a preocupação com o dinheiro público,isso sim é o mais importante. Nem a reeleição é mais prioritário do que o pleno exercício da cidadania e o respeito ao dinheiro público. Então cobrar de um ministro da saúde providência e que feche a torneira que possibilitava a farra e a orgia do dinheiro público sem prestação de contas é uma atitude de um homem de bem.Não é loucura.
Até hoje não foram prestadas contas do que foi feito com a dinheirama que os gestores receberam. Será preciso mostrar, publicar tornar público os processos em andamento no Ministério público, por crime de improbidade administrativa?
Manipular informações, para garantir reeleição em detrimento do respeito ao erário publico, usando  o  POVO POBRE E HUMILDE como  escudo, é no mínimo covardia.
Paulo Afonso, precisa acordar; esses acadêmicos universitários, precisam mudar de comportamento e de mentalidade e despertarem para a participação popular; precisam esquecer um pouco mas de festas e criarem coragem com um compromisso voltado para uma política mais ideológica e menos demagógica.

É preciso ser dito: PARABENS DANIEL LUIZ PELA SUA CORAGEM, PELA SUA GANA DE JUSTIÇA E PELA PUJANÇA NO COMBATE A CORRUPÇÃO, seus colegas precisam seguir seus passos!

Cecílio Almeida Matos* é membro integrante do Movimento Nacional de Combate a Corrupção no Brasil e luta no Congresso Nacional pela Aprovação da CPI da corrupção.

0 comentários