.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 18 de dezembro de 2011

UMA MENTIRA DITA CEM VEZES TORNA-SE VERDADE


UMA MENTIRA DITA CEM VEZES TORNA-SE VERDADE
Paul Joseph Goebbel – PAI DA PROPAGANDA NAZISTA
 

Por: Cecílio Almeida Matos*

A segunda grande guerra mundial teve um dos maiores publicitários e organizador de propagandas que o mundo nazista já houvera visto, Paul Joseph Goebbel,  um louco, nazista que havia estudado para ser padre mas formou-se em filosofia. Segundo homem mais importante do Führer , foi o ministro da propaganda de Adolf Hitler.
Infelizmente o espírito  nazista de propagar informações ainda existe (saliento que sou judeu) e percebo no dia a dia dessa cidade que as informações são presididas e diligenciadas para confundir a população local e não esclarecê-las, suscitando dúvidas, o proprietários de algumas emissoras agem sob a égide da premissa de que uma mentira repetida cem vezes torna-se verdade. Por mais que a verdade esteja estampada, esteja ás claras, os comunicadores  de gaveta manipulam as informações a bel prazer.
Não há o que se discutir, o fato é assunto encerrado, a câmara de vereadores da cidade  rejeitou um projeto de lei do prefeito. Pronto, acabou! E o fez por que?  Porque não concordou com um remanejamento de valores exorbitantes para uma secretaria que tem sido alvo constante de denuncias e em função da ausência de prestação de contas que justifiquem e expliquem os gastos nababescos do poder executivo, pois é tanto dinheiro gasto, que não se sabe aonde,nem como e nem de que forma;já que, o que se é visto na cidade simplesmente é a mais completa falta de planejamento, de urbanização , de empreendimentos ,de segurança pública, de gastos com contas desenxabidas e por aí se vai.
O que não pode e não deve  é  mentir para o povo, iludir a população, afirmar-lhes o que não é fato e conseqüentemente não é verdade. O comercio local não irá falir, o dinheiro que falta não é o referente á maioria de quem já recebeu os seus salários ou se quer tenha vendido ou fornecido algo para a secretaria de saúde.
Desde quando comerciante local vende material especializado e medicamentos para a prefeitura? Logo os comerciantes locais não podem ser reais fornecedores do material ou serviços á prefeitura.
Do outro lado, o que se verifica é que a secretaria de saúde, até bem pouco tempo recebia dinheiro do governo federal (SUS) para um PSF que se quer havia sido inaugurado. E que se o prefeito realmente quisesse se livrar de toda e qualquer responsabilidade teria logo no inicio de sua gestão adotado providencias judiciais para investigar e se acautelar contra a má gestão que lhe antecedeu, logo se não o fez admitiu-se que recebeu a prefeitura em perfeitas condições e com as finanças saneadas.
Todos já se conformaram com a prova demonstrada que o prefeito em diárias gastou 25 mil reais em um ano e o secretário da saúde gastou 21 mil, isto esta nas contas exibidas pela própria prefeitura, salientando que o secretário ficou hospedado em um dos melhores hotéis de Brasília o hotel Mercury, tendo por duas vezes lançado mão de diárias no importe de 3 mil reais cada vez.
Ora gente, é preciso ser dito que o dinheiro público não é coco, não se consegue no vazo sanitário, muito embora seja muito fácil de fazê-lo ir pelo ralo!
É mentira que o comercio local esta sofrendo com a falta de dinheiro que não foi aprovado pelos vereadores e quanto ao décimo terceiro dos funcionários da secretaria de saúde rapidinho o prefeito deu uma solução e magicamente o dinheiro apareceu.
Insistir nessa balela de que a  CULPA  É DOS VEREADORES DA OPOSIÇÃO é uma tentativa malograda de jogar os eleitores contra os vereadores da oposição e uma rádio séria não deve se prestar a esse papel. Ela deve pedir a exibição das contas e que se explique como e porque o executivo gastou tanto dinheiro e porque faltou dinheiro para a secretaria da saúde? De que forma o orçamento foi cumprido ou onde deixou-se de ser cumprido.
Os vereadores, em especial Daniel Luiz, solicitaram uma auditoria e pediram comprovações, documentos, provas e comprovantes dos gastos. Os contratos celebrados sem licitação ou dispensa de licitação, porque isso? Porque se contratou uma empresa de consultoria por 300 mil reais e para que?entre outras tantas gastanças que são alvo de objeção dos vereadores da oposição e que com certeza deixará os eleitores e a sociedade mais tranqüila com o que se faz com o dinheiro público.
Eleitor, não deixe que uma mentira dita e repetida cem vezes torne-se uma verdade,não permita que isso aconteça, aprendam a fiscalizar o dinheiro que é seu...é o dinheiro público e não pode ser gasto a bel prazer, sem controle e sem fiscalização.

Cecílio Almeida Matos* é Membro do Movimento Nacional de Combate a Corrupção e luta pela aprovação no Congresso Nacional pela CPI da corrupção.

0 comentários