.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 11 de novembro de 2012

POESIA - MANICOMIO


 Manicômio

Há ... há ... há ,há,há .
Como eu mordo, como eu mio
Como eu mijo, como eu chio...
Há ... há... há, há, há.
Comeu mijo, comeu io?
Vou quebrar, vou matar
Tou sedento de loucura
Tou é doido
Tou é doído
Tou sangrando
Sangraram-me com a loucura
Tudo é tão louco, tão estranho
Zuuuuuummm, buzummmm, bizummmmm, bummmm.
Estourou? Estourou?
Socorro, socorro. Estourou, explodiu.
Biiiiiiiiiiiiiiii, fifoi,fifoi,fifoi.
Exploft,pou.
Ta todo mundo
Mudando o mundano mundo,
Que pena...
Estragaram, estragaram
Meu...( manicômio meu).

Autor: Cecílio Almeida Matos  em 1981

0 comentários