.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

MAGISTRADO CORRUPTO NÃO PODE SER EXEMPLO PARA A JUSTIÇA


JUIZ; É PARA JULGAR OU PARA ATENDER INTERESSES DE GRUPOS POLÍTICOS?

Quando um magistrado se dobra de quatro aos interesses de grupos políticos, ele não está envergonhando a si mesmo ou à magistratura nacional; envergonha o próprio poder judiciário, envergonha seu país, seu estado, seu município.
Pior é quando a cara de pau e o cinismo é a tônica do perfil do magistrado.
Corrompido, comprado, dissimulado e odiado pela maioria; passa a ser referencia negativa do que seja justiça.
Com salário de quase 7 mil dólares não pode ter patrimônio superior á suas reais condições financeiras, não pode pedir a político que empregue toda a sua família em prefeituras, não pode humilhar o poder judiciário por tanto tempo.Tão pouco pode se apoderar de uma comarca para si!
Justamente por isso, o ministro Joaquim Barbosa ganhou notoriedade, porque não se agachou, não ficou de quatro, recebendo propinas e envergonhando a magistratura nacional.
Exemplo brilhante de incolumidade , personalidade impoluta; o Ministro Joaquim Barbosa , atualmente presidente do CNJ, representa o combate e a aversão á corrupção no judiciário e o temor de magistrados “bandidos de toga”.
Todo o brilhantismo e idealismo de justiça vão por água abaixo quando magistrados que deveriam ser imparciais e independentes; se dobram, nem mais de joelhos,mas de quatro nas mãos dos interesses de grupos políticos. Que moral pode ter um homem desses diante de sua própria família e da sociedade local?
Quem se destaca: Um magistrado idolatrado como o Ministro Joaquim Barbosa, ou um magistrado que se porta como um verme, com medo do escuro e enlameado num passado, presente e futuro de mácula corruptível ? Deixando nos processos suas digitais de fezes?
Quando um magistrado fica de quatro para políticos, todo o poder judiciário fica estremecido pela falta que debilita uma sociedade e alimenta um monstro: A CORRUPÇÃO!

0 comentários