.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

PAULO AFONSO,NA BAHIA, A TERRA DA CORRUPÇÃO; COMEÇA A PEGAR OS RATOS PELO RABO

INVESTIGAÇÕES ULTRA SECRETAS EVOLUEM PARA COMEÇAR A PRENDER OS BANDIDOS DE COLARINHO BRANCO DA CIDADE DE PAULO AFONSO (BA).
GENTE QUE NEM SE IMAGINA POSSIVELMENTE INVESTIGADA DEVE ESTÁ SOB SUSPEITA E ISSO GRAÇAS A POLÍCIA SÉRIA INCLUSIVE A POLÍCIA FEDERAL
FORÇA TAREFA É CRIADA PARA CAÇAR OS RATOS DA CIDADE
AGUARDEM QUE TEM MAIS!

Polícia apreende carro usado em roubo a banco, caixas eletrônicos e dinamites em propriedade de ex-vereador de Paulo Afonso

Além das apreensões em Paulo Afonso-BA, na propriedade do ex-vereador Delmiro do Bode, mais um suspeito foi preso. Outras 10 pessoas já haviam sido presas na mesma operação em Alagoas.
Redação
redacao@ozildoalves.com.br

Crédito: Divulgação
Operação da polícia no interior de Alagoas
Operação da polícia no interior de Alagoas
Na operação que começou por volta das 02h30 da manhã desta quinta-feira (24), o Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público Estadual de Alagoas (Gecoc) e a Polícia Militar, através do Comando de Policiamento da Capital (CPC), 7° e 9° Batalhões, prenderam 11 pessoas, apreenderam 10 armas e uma grande quantidade de munição no Sertão de Alagoas. O bando é acusado de participar de assaltos contra instituições financeiras nos municípios de Maravilha, Olivença e Senador Rui Palmeira.
A novidade da operação foi anunciada já no início desta noite. Foram apreendidos 11 bananas de dinamite, um detonador e um veículo Meriva prata, placa EEA-2727/SP-Limoeiro, que tem queixa de roubo e foi usado no assalto ao Banco do Brasil de Maravilha. Os explosivos e o carro estavam numa fazenda da zona rural de Paulo Afonso, Bahia, que pertence a um ex-vereador do município baiano, identificado apenas como Delmiro do Bode. Os promotores do Gecoc, com o apoio dos policiais militares, também encontraram na propriedade pedaços de caixas eletrônicos do Banco do Nordeste e notas de dinheiro de diferente valores, todas elas despedaçadas e espalhadas nas terras da fazenda.
Foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, nas cidades de Delmiro Gouveia, Olivença, Maravilha, Santana do Ipanema, Senador Rui Palmeira e Paulo Afonso. Durante o cumprimento dos mandados, 10 homens foram presos em flagrante delito porque estavam em posse de armas de fogo.
De acordo com o Gecoc, todos os indícios apontam para o envolvimento dos acusados nos assaltos contra o Banco do Brasil de Olivença e de Senador Rui Palmeira e, contra o Bradesco, em Senador. Os crimes foram praticados recentemente e o Gecoc e o Serviço de Inteligência do 7° BPM estavam investigando a atuação do banco há cerca de dois meses.
Presos
Onze pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira. Por enquanto, apenas o primeiro nome dos suspeitos foi divulgado pelos coordenadores da operação: Ronaldo, acusado de ser um dos líderes da quadrilha, que foi preso com uma espingarda calibre 12; Orlando, detido sob a posse de um revólver e Darcy, detido com um revólver e com uma moto sem emplacamento e com prestações vencidas. Com Ronaldo também foi apreendido um veículo Strada, de cor preta, que foi reconhecido por testemunhas como sendo o carro utilizado durante o assalto ao Banco do Brasil de Senador Rui Palmeira. O mesmo automóvel teria sido usado durante a fuga dos bandidos após o cometimento do ilícito, ocasião em que também eles espalharam obstáculos na rodovia para atrapalhar a perseguição policial. Os três foram presos em Senador Rui Palmeira.
“Zé de Luzinete”, Cícero Ferreira e José também foram detidos no mesmo município, cada um, com um revólver. Já um homem conhecido como “Suíta” foi detido portando dois revólveres. O último a ser preso em Senador Rui Palmeira foi um senhor identificado apenas como "Velho das Armas'. Com ele o Gecoc e a PM encontraram 50 cartuchos de diferentes calibres, a exemplo de 12, 765, 22 e 38, escopetas, pólvora e uma grande quantidade de chumbo.
Em Olivença foram presos “José Preto” e Cide. Eles estavam com duas pistolas. Falta fazer a identificação de um outro homem, que portava um revólver e não estava com documento de identidade no momento do flagrante.
Operação
Há aproximadamente dois meses o Gecoc e do 7° Batalhão da Polícia Militar monitoravam a quadrilha. O trabalho foi realizado em campo, com os promotores e PMs fazendo campana nos locais onde os suspeitos residem e se encontram para planejar os crimes e, também, através do serviço de inteligência.
Para executar a operação, que começou a ser planejada há duas semanas, os 7° e 9° Batalhões utilizaram 40 homens e 14 viaturas. O Bope também participou da ação com outras quatro viaturas. Os presos e as armas apreendidas deverão ser trazidos para Maceió ainda nesta quinta-feira.
Fonte: Ascom/MPE

0 comentários