.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sábado, 30 de junho de 2012

MAGISTRADO BELELÉ ACUSADO DE TER SURRUPIADO ALVARÁS DE ASSENTADOS DE UMA HIDROELÉTRICA


COISA DE NOVELA:
MAGISTRADO BELELÉ AÇAMBARCA DINHEIRO DE ALVARÁS
ALVARÁS EXPEDIDOS E NUNCA PAGOS AOS SEUS TITULARES,
FALSOS ADVOGADOS RECEBENDO EM PROCESSOS DE INDENIZAÇÃO DE REASSENTAMENTO
EX-PREFEITO SOFRENDO TENTATIVA DE HOMÍCDIO

Causos contados...
E tudo isso acontecendo, sem ninguém com seriedade para tomar providencia.
Tomei conhecimento e as provas chegaram-me em mãos de que no meio do nada, numa cidadezinha do sertão, onde o vento faz a curva e o povo tratado como escravo, terra ainda onde o Estado Democrático de Direito, não virou realidade;onde o feitor manda prender e mandar soltar a hora que quer e bem entende, onde passagens de avião são doadas, e onde caridade é feita para aposentadoria ilegais; acontecimentos macabros sucederam-se de tal forma que foram mau apurados e que foram acobertados.
Segundo se informa e comenta, certo magistrado, numa certa cidadezinha do sertão de caipoporá , uma vez que ele pós e porá sempre a mão no dinheiro alheio.(ou alvará alheio),deixando centenas de família na miséria.
Deu-se que certas quantias vultuosas de dinheiro foram liberadas para reassentamento de famílias, em função de indenizações e que esses beneficiários jamais houvera visto as importâncias liberadas; algo muito vultuoso e que as tratativas processuais foram realizadas por uma advogada cujo marido também se dizia advogado e que depois descobriu-se que jamais o mesmo fora advogado porque não tinha inscrição na OAB e usava a OAB de um advogado na Paraíba.(como é que pode rapa!)
Ora,ora...a solicitação a Policia Federal para que dê uma vasculhada nos processos e nos alvarás liberados (antigos) e que verifique se de fato as famílias receberam suas importâncias e que localize o falso advogado para depor, claro que este terá que pedir garantias de vida porque se abrir o bico, pode ruir todo o muro de bosta que foi erguido ao longo de quase duas décadas.
Essas estórias de alvarás que liberam dinheiro e nunca chega às mãos do cliente são verdadeiras, porque certa feita, em certo local, (lá na cidadezinha onde o vento faz a curva, no meio do sertão) um servidor testemunhou e até orientou a vítima a ir ao Ministério público dar queixa e representar o advogado (outro intimo e frequentador da casa do magistrado Belelé), porque o alvará tinha sido liberado, assinado pelo magistrado Belelé, e passado dois anos o cliente não sabia se quer que havia sido liberado o alvará da monta de R$ 6 mil reais. Ora, a orientação foi simples, já que o advogado tinha “esquecido” de repassar a importância “ingenuamente” para seu cliente, após dois longos anos: REPRESENTE NO MINISTÉRIO PÚBLICO - foi o que recomendou o servidor.
Mais comovente ainda é saber que um ex-prefeito sofrera um atentado contra sua vida, e que as investigações nada concluíram (por isso que se precisa entrar para o programa de proteção á testemunhas) e porque o ex-prefeito sofreu atentado? Justamente porque dentre outros motivos, teria denunciado o caso dos alvarás surrupiados.
O novo corregedor do CNJ, pernambucano, é pior do que a atual corregedora, logo a cidadezinha do sertão vai pegar fogo com a reabertura do caso, e Nero, tocando a sua harpa, de cima da sacada, assistirá a tudo cantarolando uma musiqueta do velho Luiz Gonzaga: “... Luiz respeita os 8 baixo do seu pai, respeita os 8 baixo do seu pai, você pode ser tinhoso, mas seu pai é mais tinhoso e com ele ninguém vai Luiz...respeita os 8 baixo do seu pai...” – É quando a criatura se volta contra o criador.

Aonde se deu esses fatos? Numa cidadezinha do sertão.

1 comentários

Cecilio ALMEIDA MATOS 30 de junho de 2012 11:45

CARO MAGISTRADO, AGENTE COLHE O QUE PLANTA.TALVEZ POR ISSO SEU PROCESSO CANCEROSO DE PRÓSTATA ESTEJA AUMENTANDO E TANTO DISTÚRBIO ESTEJA HAVENDO EM SUA FAMÍLIA.