.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

terça-feira, 7 de agosto de 2012

PAULO AFONSO NA BAHIA, ADOTA POLÍTICA DE PÃO E CIRCO PARA ENGANAR O POVO HUMILDE DA CIDADE


PAULO AFONSO(BA) E A POLÍTICA DE PÃO E CIRCO

Panem et circenses [ludos] é a forma acusativa da expressão latina panis et circenses [ludi], que significa "pão e jogos circenses", mais popularmente citada como pão e circo. Esta foi uma política criada pelos antigos romanos, que previa o provimento de comida e diversão ao povo, com o objetivo de diminuir a insatisfação popular contra os governantes.
Espetáculos sangrentos, como os combates entre gladiadores, eram promovidos nos estádios para divertir a população; nesses estádios, pão era distribuído gratuitamente.
O custo desta política foi enorme, causando elevação de impostos e sufocando a economia do Império[1].
A frase teria sua origem nas Sátiras de Juvenal, mais precisamente na décima (Sátira X, 77–81):
… iam pridem, ex quo suffragia nulli uendimus, effudit curas; nam qui dabat olim imperium, fasces, legiones, omnia, nunc se continet atque duas tantum res anxius optat, panem et circenses. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Panem_et_circenses)
Da mesma maneira, a cidade de Paulo Afonso, muito rica, na Bahia, contratará pela simbólica quantia de meio milhão de reais a cantora Ivete Sangalo (isto noticiado em toda mídia local).
Meio milhão de reais para Paulo Afonso e seus administradores é uma bagatela ,dinheiro fácil que pode ser jogado no lixo, no universo por exemplo de mais de 11 milhões para um contrato de terceirização feito pela CHESF, para gerenciarem a saúde no hospital Nair Alves de Souza.
A política de pão e circo é a estratégia usada para iludir os pobres mais incautos e menos preparados ainda, visando ludibriar o bobo do cidadão, que em Paulo Afonso, alcança mais da metade da população, ou seja a maioria,desinformada, analfabeta ou alfabetizada funcionalmente fica feliz com a política de pão e circo aplicada pela gestão atual.
Paulo Afonso,como disse um popular, é a MAIOR POTENCIA ENERGÉTICA do Nordeste, rica e cheia de energia, poderia gerar riqueza e satisfação para todos e não somente para os apadrinhados. Ficar rico em Paulo Afonso é a coisa mais fácil que se tem, basta entrar para a prefeitura,com tanto dinheiro e a facilidade de se apadrinhar os puxa sacos, a coisa mais fácil é meter a mão no dinheiro público.
Tenho dito que Paulo Afonso poderia muito bem ser uma cidade  balneário com piscinas populares em vários locais, chuveiros públicos em praças públicas e praças de lazer e esportes por todos os cantos, regada a muita água. Todo potencial motriz da cidade é desperdiçado em troca de uma política de pão e circo, cuja sociedade pequena burguesa,em sua maioria filhos de aposentados da CHESF, se acham ricos, e por isso acreditam cegamente que o comportamento a ser adotado é o “elegante” da omissão. Se estou bem, que se lixe os demais. Com isso a cidade vai se lixando, virando lixo em vias públicas e construindo uma sociedade de pequenos viciados que adoram festas e baladas noturnas e os pais, pequenos burgueses, ACHAM ISSO COMPLETAMENTE NORMAL. O que resulta disso aí  é o que se tem presenciado. Ninguém faz nada, a quem compete o dever de fiscalizar, nota-se os “braços cruzados”.
A bem da verdade se compararmos, Paulo Afonso com a cidade sertaneja de Luis Eduardo Magalhães, veremos que Luis Eduardo é a 10ª. economia do estado, tem diversos edifícios construídos, serviço médico de melhor qualidade de uma população de 60 mil pessoas. E quem tem mais dinheiro? Paulo Afonso. A lógica é uma só, os grupos políticos querem o progresso bem longe da cidade, porque este estando longe não atrai fiscalização e nem cobranças de órgãos federais, que em sua maioria, tem atuação duvidosa.

Dou o exemplo: quem fiscaliza a CHESF que permite que mansões sejam construídas a 100 metros das margens dos lagos? Porque já não MANDARAM DERRUBAR?, porque os poucos empresários locais que construíram nas margens dos lagos integram o seleto grupo da “harmonia social” e se forem “apertados” largarão de mão a cidade; pois é essa desfaçatez que mascara os rombos sucessivos das verbas públicas no município. Coisas de décadas,tradição até! Ou seja a prefeitura tem dinheiro;sozinha é capaz de bancar toda uma estrutura, contudo precisa dos empresários locais para dissimular um desenvolvimento que na verdade só faz acumular riquezas para os próprios.
Para que o aeroporto funcionando? Isso atrairia muita gente, facilitaria fiscalizações, permitira o ingresso de linguarudos e bocudos que revolucionariam a cidade e fariam o povo pensar.
A política de pão e circo continuará sendo o melhor caminho para ludibriar um povo cego e não há nada pior do que tentar dar luz a cego, muito embora existam cegos que enxerguem melhor  do que muitos “zoiúdos” por aí.

Mantendo o pobre com a mente ocupada com futebol, festas e drogas; a cidade na calada da noite é surrupiada com negociatas de milhões de reais.
É melhor para os grupos políticos que o pais inteiro continue achando que Paulo Afonso é o cú do mundo, menos pessoas para xeretar na cidade! A MAIOR POTENCIA ENERGÉTICA DO NORDESTE É A MAIOR POTENCIA EM DESCUIDO COM A VERBA PÚBLICA. E a Polícia Federal, aonde anda heim?

3 comentários

osdoisladosdamoeda 11 de agosto de 2012 22:55

KKKKKKKKK.......... É CLARO QUE OS EMPRESARIOS NÃO OLHAM PRÁ PA.... ELES DEIXAM DE FATURAR EM PA. PORQUE VENDER PASSAGENS NAS AGENCIAS DE PA DÁ MAIS LUCRO. OU SEJA!!!!!!!! ENQUANTO UM EMPRESARIO GASTA COM FUNCIONARIOS NO AEROPORTO DE PA.. O LUCRO DELE CAI PAGANDO ALUGUEL DE BOX DAS CIAS AÉREAS E SALARIOS DE FUNCIONARIOS.. MAS VENDER APENAS APASSAGENS E EMPURRAR OS PASSAGEIROS DE ÔNIBUS ATÉ O AEROPORTO DE RACAJU, É LUCRO PRÁ O EMPRESARIO, POIS ELE SÓ GASTA COM FUNCIONARIOS DA AGENCIA, E GANHA MUITA COMISSÃO POR CADA UM PASSAGEIRO ENVIADO PRÁ O AEROPORTO DE ARACAJU, JÁ O AEROPORTO DE ARACAJU QUE SOFRA AS CONSEQUANSCIA$$$$$$$$$$$. POIS SE ALGUM VOO ATRAZAR,, O PRÓPRIO AEROPORTO DE ARACAJU PAGA ALIMENTO E HOSPEDAGEM AO PASSAGEIRO, E OS EMPRESARIOS DE PA. FICAM RINDO ATOA, POIS NINGUEM DE PA É OBRIGADO A ARCAR COM OS CUSTOS DE ARACAJU... JÁ SE O VOO ATRAZAR NO PRÓPRIO AEROPORTO DE PA.. AÍ O EMPRESARIO DE PA É QUE VAI SE FERRAR, E VAI PAGAR DE SEU PRÓPRIO BOLSO O ALIMENTO E HOSPEDAGEM DO PASSAGEIRO, ATÉ OUTRO VOO SE CONFIRMAR NO AEROPORTO DE PA....


OU SEJA!!! DO MESMO JEITO QUE UMA UTI NÃO VAI CHEGAR NEM TÃO CEDO AQUI, PRÁ NÃO DAR DESPESAS AOS MARAJAS POLÍTICOS DAQUI.. AS OUTRAS CAPITAIS DO BRASIL QUE SE FERREM, E PEGUEM OS CUSTOS DE CADA PAULAFONSINO QUE MORRER NAS CAPITAIS ALHEIAS...

osdoisladosdamoeda 18 de agosto de 2012 21:30

PAULO AFONSO NÃO TEM EMPREGO PRÁ NADA..
ENQUANTO ISSO CARUARU-PE TEM 700 INDUSTRIAS SE INSTALANDO POR LÁ PRÁ EMPREGAR 300 MIL HABITANTES..

o que antes era segredo agora ser� revelado. 20 de agosto de 2012 10:09

Paulo Afonso terra [PARAÍSO FI$$$$CAL]...
SÓ TEM LADRÃO NESTE QUINTAL...
FUTURO DOS NOSSOS JOEVES NAS TREVAS...
MARANATA!!!
MARANATA!!!