.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 23 de setembro de 2012

NÃO ACABEM COM O MUNDO !!!!





O DIREITO Á DIGNIDADE DA VIDA E À FELICIDADE



Um momento de centelha divina e tudo se transforma,a vida muda e o dia amanhece. Para todos um riso de felicidade, de inevitável esperança da transformação.
A centelha de Deus foi fisicamente comprovada pelos cientistas da NASA, que inclusive não  usa não implanta a “urna eletrônica roubável pilantravelmente”- Invenção brasileira, que todos os países evoluídos do mundo não adotaram até agora.
Mas voltando; comprovada a existência da centelha de Deus, e que somos todos resultado de física quântica, partículas subatômicas, que reunidas todas, foram capazes de construir a poderosa e catastrófica bomba atômica, para acabarmos, uns com os outros.
É isso que muitos buscam ser, o infortúnio da desgraça alheia, torcendo pela queda do próximo, causando infelicidades e rastro de desgraça por onde anda.
Temos todos, indistintamente o direito a dignidade da vida, o direito do encontro da felicidade do amanhecer ao entardecer. Sorrir em busca de dias melhores e do sonho do reencontro. A dignidade da vida e da felicidade vai além de um pão dado e concedido a titulo de descarrego de consciência, vai, via certeza do bem fazer, do amor ao próximo e da compaixão pela ser humano e pelo amor á vida. Desta forma nos tornamos menos infelizes.
Orem, e em suas orações não clamem pelos desvalidos, porque por eles não tem culpa Deus, mas os homens,orem pela reforma da alma humana, porque não restará mais nada que não seja mutável se não a razão de ser da busca pela felicidade e pela dignidade da vida.
Somos seres vivos, plantas, bichos e humanos e queremos todos amanhecer, sem que entardeça com a lágrima da mãe pelo filho morto, pela falta de comida à mesa, pela dor da ausência do ente querido, pela tragédia anunciada.
Ao Papa Bento XVI falará a ausência  da omissão e sobre si pesará a culpa da inocência subtraída de milhões e milhões de almas, pois silente diante da tragédia anunciada, calará pela omissão e pelo  medo da dúvida e da incerteza. Tendo Deus compaixão da humanidade pela falta de presença  do líder espiritual maior da Igreja Católica, que nada fez, nada fará!
Todos tem direito à dignidade da vida e à felicidade; lembrai-vos disso na grande aflição ou ao menos em sua própria aflição pessoal. Não tardará o dia da reflexão sobre o presente tema. Que lágrimas de dor e sofrimento não seja o lamento da amargura do ser humano e do mundo inteiro, com um único estalar de dedos.


0 comentários