.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

PASSADA AS ELEIÇÕES POSSO CONTAR O FATO SOBRE UM CANDIDATO A VEREADOR BÊBADO DE PAULO AFONSO

A BURGUESIA FEDE, AINDA MAIS EM PAULO AFONSO,BAHIA


Uns dois meses antes das eleições, estávamos passando de carro, eu e minha esposa(paulo afonsina) na  praia da PA-IV, perto do Perpetuo Socorro, quando na mesa estava minha cunhada e o esposo dela, bêbado, embriagado, estava um candidato a vereador "desfrutável".
Vendo aquela condição e sua provável incapacidade de dirigir, pedi a ele que parasse de beber e voltasse para casa e, que nós o acompanharíamos.
Após muito sacrifício e ter deixado pago algumas cervejas a mais no bar para os "eleitores de plantão'; entrou no carro, completamente embriagado, e no meio do caminho ponderou: - Será que podemos passar no meu atelier? Claro, respondemos eu e minha esposa.
Chegando no atelier, ele a todo custo queria me presentear com uma gravata (horrível e usada) não a título de gratidão, mas a título de pagamento e afirmou:  todos cobram alguma coisa, eu estou te dando um presente. Disse-lhe que faria aquilo por qualquer um que estivesse naquele estado, e que eu tivesse um mínimo de conhecimento. A muito contra gosto ele custou a acreditar e embolando as palavras, retornou ao carro, fechando o atelier e o levamos em casa, no bairro da CHESF. Uma daquelas casas bonitas e grandes por lá.
O irmão dele, tenho muito apreço, ainda que integre um grupo político  o qual não me alinho, porém gostaria muito de ver o filho do líder do grupo eleito prefeito da cidade. Por causa disso, ainda mantenho o anonimato do personagem.
Mas o que me chamou a atenção é que mesmo embriagado e sendo ajudado, o jovem candidato não alcançava que o gesto e a iniciativa de protege-lo vinha de uma convicção e formação, jamais de um interesse por maior que fosse a oferta, no lugar da gravata. Entendo então, que a cultura local, a convivência com tais espécimes, é que reflete diretamente na personalidade e caráter pequeno burguês dessas pessoas.
São poucos que acreditam em ideal, que tenham convicções e estejam dispostos a agir sem a mentalidade de comprar valores e conceitos.
É uma pena e a cidade está infestada de pessoas assim. De boas pessoas claro, mas de gente cuja mentalidade é de corromper, comprar ou subjugar.
Ele, graças a Deus não se elegeu...

0 comentários