.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

TURISMO EM SERGIPE, VIDA MANSA EM ARACAJÚ!

Turismo sergipano: grande propulsor da economia e do desenvolvimentoPor: Agência Sergipe de Notícias
(Foto: Ascom Setur)
O Turismo é um fenômeno mundial em crescimento e Sergipe não tem ficado indiferente a esse aumento. Dados da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) mostram que o turismo sergipano vem se revelando um grande propulsor da economia e do desenvolvimento. O Estado atingiu números extremamente significativos na geração de emprego. Pela primeira vez o Aeroporto Internacional Santa Maria, localizado em Aracaju, em mais de 40 anos de sua existência, atingiu um número de 1 milhão de passageiros em apenas 11 meses. Em 2012 não foi diferente, o montante chegou a 1,400 milhão de passageiros.
Segundo o Ministério do Trabalho, Sergipe bateu recorde de empregabilidade, pois foram gerados 2.308 empregos diretos na cadeia produtiva do turismo apenas em 2012. O turismo foi o segundo maior empregador no estado. "Perdemos apenas para a construção civil, e todos sabem o boom que esse setor vem passando em todo o Brasil, principalmente em Sergipe", destacou o secretário de Estado do Turismo, Elber Batalha.
Outro fator extremamente significativo é o aumento do fluxo turístico, que tem gerado uma grande movimentação nos nossos principais destinos, a exemplo de Aracaju, das praias do litoral Sul e Norte, no circuito de turismo do rio São Francisco, seja nos municípios de Brejo Grande ou em Canindé de São Francisco, como também no circuito de turismo histórico, que envolve Laranjeiras e São Cristóvão. "Todos esses atrativos têm recebido um grande incremento, fruto do investimento maciço que o Governo do Estado tem feito em divulgação de Sergipe, além da divisa do nosso Estado", ressaltou o secretário.  
Sergipe hoje é matéria de todas as revistas de bordo das companhias aéreas. Entre os anos de 2010 e 2012 suas belezas naturais, cultura e gastronomia estiveram presentes em matérias e informes publicitários nas revistas de circulação nacional, como Isto É, Época, Veja, entre outras. O Estado também tem sido trailer de cinema em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Bahia e Pernambuco.
Todas essas ações têm gerado bons resultados para desenvolver o setor turístico, de movimentação e, sobretudo, de geração de emprego e renda. São quase 2.500 pais e mães de famílias com carteira assinada, podendo oferecer dignidade aos seus familiares devido ao investimento que o Governo do Estado tem feito no desenvolvimento do nosso turismo. "Gerar emprego é o melhor resultado que o turismo pode dar, pois muda a vida das pessoas". Os investimentos não param por aí, a Setur está capacitando todos os trabalhadores do trade turístico nos idiomas inglês e espan class="txt_noticia"hol.
Outros números positivos também foram apresentados. O Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), que tem o objetivo de reunir todos aqueles que estejam legalmente constituídos e em operação, que é executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os Órgãos Oficiais de Turismo das Unidades da Federação, apontam um crescimento em diversas áreas turísticas do Estado.
De acordo com os dados do Cadastur, 90 novos empreendimentos que oferecem suporte ao turismo em Sergipe foram criados em 2012. Desses, cinco novos hotéis, sete pousadas e 38 agências de viagens. Vale ressaltar que esses dados são referentes tanto a empreendimentos na capital, Aracaju, quanto no interior do estado. "O turismo em Sergipe já é referência para a economia do estado e a geração de empregos é diretamente proporcional aos novos empreendimentos construídos para dar suporte ao setor", disse Elber Batalha.
Janeiro começou bem para o turismo sergipano, pois graças a parceria entre o Governo do Estado e o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) está sendo possível investir R$ 550 mil em divulgação de Sergipe no Chile. Operadores de turismo, agentes de viagem e a imprensa do Chile estão recebendo informações sobre a atratividade e qualidade do destino Sergipe. Estão previstas ainda ações como viagens de familiarização de operadoras e agentes de viagem chilenos, presstrips com jornalistas dos principais veículos de comunicação do país, assim como anúncios e comerciais em diversas mídias locais.
O início desse trabalho marca a retomada do turismo internacional do Estado, que havia sido esquecido há muito tempo. Desde 2010 está sendo preparada a reinserção de Sergipe no mercado internacional. "É necessário que a gente prepare um destino para que o turista internacional venha, seja bem recebido e saia daqui falando bem. Não nos interessa que ele venha e se decepcione e reverbere negativamente as ações", observou Elber.
Em breve, Sergipe receberá 12 voos internacionais, vindos diretamente de Santiago no Chile. Cada voo trará 181 turistas, o que totalizará 2.172 pessoas. Os voos charters, ou fretamentos aéreos, serão realizados nos meses de julho de 2013 e janeiro e fevereiro de 2014, e serão operadas pela empresa aérea Gol, com equipamento Boeing 737-800. As chegadas e partidas acontecerão aos sábados.
Sergipe vive um bom momento de ocupação hoteleira. No turismo de lazer, que atinge índices nunca vistos na história. Aliado a isso, o turismo de negócios, que geralmente é responsável por manter o índice de ocupação durante a baixa estação, apresenta números satisfatórios.
Devido aos investimentos do Governo do Estado, o Projeto Carnalita será implantado em Sergipe, fato que trará para o Estado cinco mil trabalhadores, grande parte de outros locais. "Eles precisarão ficar hospedados em hotéis sergipanos, o que resultará em mais ocupação dos leitos", observou Elber.
As plataformas da Petrobras em implantação gera outra demanda. Várias empresas precisam enviar semanalmente seus executivos à Sergipe. "O que percebemos é que está sendo difícil encontrar vagas em hotéis de terça a quarta-feira, o que não era comum".
A ponte Gilberto Amado faz parte de um grande projeto do governador Marcelo Déda de interligar Sergipe à Bahia pelo litoral. A edificação sobre o Rio Piauí, que liga os municípios de Estância e Indiaroba, possui uma extensão de 1.712 metros, por 14,20 metros de largura. O processo foi iniciado com a ponte Joel Silveira que interliga Aracaju a Itaporanga D'Ajuda.
"Essas duas pontes tornam a viagem entre Bahia, que é nosso principal mercado emissor de turistas, e Sergipe mais rápida e mais segura, porque tira as famílias do contato com a BR e os veículos de grande porte, torna também a viagem de uma beleza incomensurável", disse o secretário de Turismo.
Futuro
É um projeto do Governo do Estado fazer a interligação de Sergipe e Alagoas pelo litoral. "Já fizemos a rodovia até Pirambu e nosso projeto é concluirmos a rodovia SE 100 Norte, que interliga Pirambu e Brejo Grande. Fazendo com que o turista que nos visita possa sair desde a Bahia e ir até Alagoas em rodovia segura e com a visão de belas praias".
Para o gestor, talvez esse seja o melhor momento turístico de Sergipe, mas isso não o acomoda. "O desafio é crescer mais, pois temos a responsabilidade de que o turismo seja um elemento modificador na vida dos sergipanos", finalizou

0 comentários