.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 24 de maio de 2013

EM PAÍS DE ANALFABETOS, ONDE SE COMPRA O POVO COM BOLSA FAMÍLIA, NÃO PODE ACREDITAR EM JUSTIÇA

JUSTIÇA NO BRASIL É PRA QUEM TEM MAIS, QUEM PUDER MAIS E QUEM MAIS PUDER COMPRAR




Deixei há algum tempo de acreditar na justiça, quando tomo cada vez mais conhecimento de fatos que enojam qualquer verme, por pior que seja o mesmo.

Ainda que as instituições, tentem se auto-preservarem não tem quem não desmereça a imagem da justiça no Brasil. Fala-se em Juízes corruptos, em tráfico de influência e envolvimento promiscuo com políticos e empresários.

Coisa de país de terceiro mundo, que quer perder o complexo de vira latas e acredita que elevação uma nação à grande potencia sub-julgando seu povo, comprado com bolsa família.

Dinheiro o Brasil tem, e muito. O que não tem são homens de bem, com vergonha na cara para não se corromper com o poder e os interesses poderosos.

Temos dois belos exemplos de homens que foram firmes para enfrentar os poderosos de sempre; Barão de Mauá, vítima de sua boa fé na justiça e o Delmiro Gouveia, que foi o primeiro empresário a levar energia elétrica para o sertão nordestino, sendo assassinado pelos ingleses porque não se ajoelhou.

A justiça de terceiro mundo, acha normal aceitar presentes, amizades e mimos e acha perfeitamente normal fechar os olhos e fingir que o certo é consentir e permitir que injustiças sejam permeadas a mão cheia. E tudo isso porque na verdade somos um país de analfabetos, verdadeiros vira-latas sim...talvez até com mania de grandeza (alguns).

A maioria dos homens públicos tornam-se ricos fraudando a nação, roubando e corrompendo e se locupletando de algum jeito.

Aceitar uma simples galinha de presente, na sua atividade pública, inclusive judicante, já é o começo para abrir as portas para a corrupção maior. Enquanto houver quem faça vistas grossas, o país não irá a lugar algum, ficará marchando como um rato gordo, numa roda cíclica , tal como os hamsters  ; e como gostam de publicidade esse povo, como gostam de propagandear feitos que efetivamente deixam a desejar...

No Brasil, o legislativo e o judiciário é de indignar qualquer cidadão um tanto mais sensível às causas sociais, o que se espera é que os juízes que ficam e que são comprometidos passem do discurso à prática e não ajudem ainda mais a frustrar a população que sonha e anseia por justiça.

Justiça não pode ter cor, nem bandeira partidária; isenta e afastada de pre concepções ,preconceituosas não pode julgar pela convicção de um juiz convicto por uma posição político-partidária.

Vale lembrar o ato de eminente filósofo que com uma lamparina na mãos, desde da remota Roma, procurava pela justiça.

Você, concluiu que o sistema foi feito para  receber de braços abertos os poderosos e ter-se-lhe com eles uma relação de contribuição recíproca. Não foi feita para atender aos reclamos de quem bate as portas dos Tribunais para ver justiça e ter justiça; ainda mais quando trata-se do Brasil, um dos mais corruptos do mundo.

O corrupto, na concepção nacional não é tão perigoso quanto o traficante e nem quanto o estuprador. O corrupto é como futebol, deve agradar a todos, se todos ganham, roubando de alguma lugar, todos estão satisfeitos!

0 comentários