.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sábado, 15 de junho de 2013

REQUERIMENTO AO CNJ PEDE IMEDIATO PREENCHIMENTO DE CARGOS PARA JUIZ EM PAULO AFONSO, BAHIA

PAULO AFONSO NO NORTE DA BAHIA, TINHA 3 JUÍZES; DOIS FORAM PROMOVIDOS RECENTEMENTE PARA FEIRA DE SANTANA A TOQUE DE CAIXA E REPIQUE DE SINO E O QUE FICOU JÁ ESTÁ NA COMARCA HÁ QUASE 20 ANOS




Paulo Afonso, na Bahia estranhamente perdeu 2 magistrados, que deixaram para trás inúmeros processos sem resolução, dentre eles o caso de compras de votos pelo atual prefeito. Como mágica, após ser transformada em entrância final, Feira de Santana foi a cidade escolhida para promover os magistrados que em média passaram menos de 03 anos na comarca de Paulo Afonso.

Agora o que não se pode é o único Juiz que ficou vir a ser o juiz dos juizados especiais, o juiz da vara crime, o juiz da vara do juri, da infancia e juventude, da vara de família, da vara de execuções, da vara da fazenda pública e etc; e assim sair despachando e sentenciando em todos os processos.

O Tribunal de Justiça tem a OBRIGAÇÃO MORAL de não deixar a comarca desamparada o magistrado que ficou, coitado, extremamente SOBRECARREGADO de tarefas e afazeres.

Nas mãos do atual magistrado por exemplo ficou o processo do Caso Aureliano , o médico acusado de homicídio doloso (que se duvidar, não deverá ser pronunciado,  querem apostar) também pelo jeito ficará sob a guarda do guardião juiz o processo do caso de compras de votos do prefeito de Paulo Afonso e o caso dos concursados que até a presente data não remeteram os autos para o Tribunal, transcorridos mais de cinco meses...

Agora, este servidor, Coordenador Nacional do Movimento de Combate a Corrupção no Brasil, adotará a providência de requerer junto ao CNJ que determine ao Tribunal de Justiça da Bahia a imediata providencia de preenchimento das vagas disponibilizadas com a remoção dos dois juízes que saíram, através de um PCA - PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO junto ao CNJ, pois não será possível aguardar mais do que 20 dias uma comarca com milhares de processos, com inúmeras varas, apenas sob o comando de um único magistrado; a menos é claro que o judiciário baiano tenha institucionalizado a prefeitura judiciária e colocado um prefeito-juiz como responsável, tal como se faz na política. Como diria o ex governador Otávio Mangabeira: " pense num absurdo, a Bahia tem precedente"...

Paulo Afonso, pelo jeito está a um passo de se cometer um precedente desta natureza, afinal um magistrado que consegue manter-se numa mesma comarca por 20 longos anos, é porque alguma coisa no judiciário baiano não se apercebe do tamanho absurdo...

Todos os magistrados que por Paulo Afonso passam, praticamente saem batidos da terra; não tem o mesmo apego que o afável magistrado ad perpetum atual tem...é mesmo de estranhar!

Quando menos se esperar, no final do ano possivelmente, Paulo Afonso é elevada a entrância final e aí ficará a pergunta: Se era para elevar a comarca a entrância final, porque promoveram o atuais juízes que lá se encontravam?

1 comentários

sssssssss 16 de junho de 2013 08:17

Parabéns pelo texto colega ! Parabéns por ser a voz da verdade ! Parabéns também por sua coragem ! Abração. Sidney - Valença.