.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quinta-feira, 4 de julho de 2013

RBN - PAULO AFONSO, CASO GIL LEAL VERSUS CHICO SABE TUDO; COMPLICA MAIS QUE EXPLICA


NUMA EXPLANAÇÃO CONFUSA O REPÓRTER GIL LEAL DA RÁDIO BAHIA NORDESTE TENTA ENVOLVER O TENENTE CORONEL JOSEMAR EM CONTROVÉRSIA, ONDE O REPÓRTER É ACUSADO PELA PRÓPRIA VÍTIMA DE SER ALVO DE CHACOTA POR CONTA DO REPÓRTER


Aprendi desde cedo que inteligencia e espionagem se fazem com provas, gravações e documentos, nunca com conversa fiada e que direito é prova, cabal e contundente; por mais belas que sejam as argumentações, não existe melhor remédio do que se provar o que se alega. Desta forma a gravação do repórter Gil leal é contundente.

"AI AGENTE COLOCA O NOSSO BRILHO, TOMOU UM CHÁ DE CHORA MAMÃE..." é desta forma que o próprio repórter assinala a sua participação profissional, colocando brilho em dramas tão sérios que envolvem a gravidade dos fatos. Pilheriando com o caso, o próprio repórter da Radio Bahia Nordeste afirma que coloca um brilho e brinca com o chá de chora mamãe, como se isso fosse a postura de um jornalismo sério.


O caso em questão, em nada tem haver com o jornalista Chico
Sabe Tudo, posto que quem acusa o próprio repórter Gil leal é a vítima de estupro, que em nada gostou das pilherias feita pelo representante comunicador da RBN em Paulo Afonso (BA), ou seja numa tentativa de explicar, acabou confundindo e complicando mais do que pretendia, tendo até colocado o nome do Tenente Coronel Josemar, como uma forma de possível intimidação, uma vez que questiona se o trabalho de um jornalista, teria a autorização do comando para ser feito, como se isso fosse possível; desvirtuando assim, o foco da denuncia que é justamente a acusação contra o REPÓRTER GIL LEAL PELA PRÓPRIA VÍTIMA DE QUE TERIA SIDO OBJETO DE DESMORALIZAÇÃO conforme relatado no sitio de Chico sabe Tudo; tentando, como sempre se limpar de processos (que são inúmeros)  e que NÃO ANDAM ABSOLUTAMENTE NADA PARA LUGAR ALGUM, O CNJ até precisa esclarecer porque tais processos contra a Rádio e seus agentes NÃO CHEGAM AO FINAL.


Vejam a gravação e tirem as dúvidas:





0 comentários