.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sábado, 29 de março de 2014

PAULO AFONSO: TRIBUNAL DE JUSTIÇA MANDA ABRIR SINDICÂNCIA CONTRA JUIZ

O CNJ RESOLVEU APERTAR O CERCO E O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA NÃO ESTÁ ALISANDO JUÍZES ACUSADOS DE ENVOLVIMENTO  EM MARACUTAIAS



Em recente decisão o Corregedor acolheu a manifestação da Juíza Corregedora e determinou a abertura de SINDICÂNCIA contra o Juiz de Paulo Afonso R.S.A o mesmo agora sentira o peso severo das investigações sobre as acusações que sobre si pesa, verdadeiramente Paulo Afonso estaria entrando em nova era, com uma limpeza geral na moralidade do sistema; os novos juízes que lá chegaram, já cegaram "vacinados" e não estão dispostos a serem cooptados com títulos de cidadão paulo afonsinos, muitas vezes concedidos a bel prazer para ter autoridades como notórias 'amiguinhas" . 
Em despacho publicado no dia 28 de Março de 2013 no diário do poder judiciário o desembargador manda abrir SINDICÂNCIA, acolhendo a manifestação favorável em função das investigações prévias realizadas pela corregedoria do TJ Ba. Agora vai, aí se vai!

EFETIVAMENTE A NOVA ORDEM CHEGOU A TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA, é melhor que os mais afoitos pela lambuzada fiquem com as barbas de molho; vejam o despacho abaixo;

Comarca de Paulo Afonso

PA nº 84783/2013 (Apenso PA nº. 3247/2014)

Assunto: Reclamação

DECISÃO

Acolhendo o Relatório Conclusivo da Juíza Assessora Especial da Corregedoria das Comarcas do Interior, Bela. Maria Helena Lordelo de Salles Ribeiro, pelos seus próprios fundamentos e fazendo integrar a esta decisão a motivação ali exposta, determino a instauração de SINDICÂNCIA contra o magistrado R. S. A a fim de apurar os fatos noticiados, expedindo-se a competente Portaria designando a referida magistrada para presidir o feito, com prazo de trinta dias para conclusão. Informe-se à Egrégia Corregedoria Nacional de Justiça, encaminhando cópia do relatório e desta decisão . Publique-se. Cumpra-se. Serve o presente por cópia como ofício.



0 comentários