.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 1 de março de 2015

PAULO AFONSO NA BAHIA E OS POLÍTICOS CANALHAS DE SEMPRE - DÓI DODÔI !

PAULO AFONSO SOFRE COM O DESCASO E OS POLITICOS OPORTUNISTAS DE SEMPRE
 
 
 
 
 
 
A pelo menos 15 anos frequento Paulo Afonso ,no Norte da Bahia. No início cheguei pela primeira vez para fazer o curso de Engenharia de Pesca na UNEB e estagiar na Bahia Pesca S/A ,onde me vi envolvido em um dilema para defender um aluno que na verdade nunca fora meu amigo, a vida me mostrou isso mais tarde. Saí corrido de Paulo Afonso, porque um delegado acusado de latrocínio (matar para roubar) por amizade a uma ex diretora, queria montar uma "armação" para m matar, porque havia eu denunciado essa mesma diretora; foram dias difíceis.
 
Mas tarde regressei a Paulo Afonso, como servidor da Justiça, e mais uma vez saí; primeiro por problema de saúde, depois por falta de infra estrutura para me cuidar, pois sou cardiopata grave. Aposentado fui embora de vez.
 
Nesta última sexta feira, dia 27 de Fevereiro minha sogra morreu naquele município, teve enfarto e tive que ir com minha esposa confortar a família. No dia seguinte dei uma volta pela cidade e vi uma cidade largada, entregue às moscas e as baratas.Naquela mesma noite no bairro "prainha" houveram umas 4 mortes de execução. Vi que as pessoas estavam com medo, assustadas.
 
Pois, então me voltei a pensar sobre minha sogra, que havia trabalhado na prefeitura da cidade, por 20 longos anos, sem nunca terem recolhido o FGTS e o INSS dela, passou o resto da vida tentando se aposentar, e para sobreviver, tinha apoio dos familiares e do Bolsa Família. Maria Das Dores Feitoza da Silva, mais conhecida como Dôdôi , no bairro Perpetuo Socorro. Acompanhei durante 10 anos praticamente a via crucies da minha Sogra, tentando aposentar-se por invalidez no mínimo, mas não tinha como comprovar o período de carência necessário para obter o benefício. Vi que muitos políticos iam a casa dela pedir votos e arregimenta-la como liderança local para conseguirem algum punhado de votos.
 
Em Paulo Afonso, absurdamente um vereador ganha R$ 2.500,00 por semana (10 mil por mês) para se reunirem apenas uma única vez por semana...enquanto isso minha sogra, hoje falecida, lutava por seu direito à uma aposentadoria digna. Vai ver, talvez nem se quer registraram-na no setor de RH ou de terceirizados da prefeitura.
 
Em 15 anos de verdade nada mudou naquela terra, os políticos da cidade continuam os mesmos usurários de sempre e utilizando-se do povo pobre para se elegerem , ou concorrem às eleições. Tudo sobre a promessa de  conseguirem empregos em comissão para os pobre incautos, fazendo da prefeitura um cabidão  de empregos.
 
O povo pobre da cidade continua sofrendo, amargando a desilusão de cada voto concedido e de cada gestão arruinada. Não há e nunca haverá solução naquela terra, que mais parece terra de ninguém, onde quem chega e se encosta num grupo disso ou daquilo acaba com, "puxa-saquismo ", se dando bem. Vi a contravenção estampada na cidade, as drogas sendo passadas de mão em mão...e minha sogra ,boa pessoa, de bem, humilde, afetuosa ; sem ter direito ao seu benefício de uma simples aposentadoria.
 
Paulo Afonso, na Bahia; é isso aí, uma terra de oportunistas, de políticos aventureiros e sangue sugas. Pessoas boas e simples como Dôdoi ficam à mingua, contando com a família, por ser uma pessoa de poucos recursos intelectuais...Como conseguir a documentação de que a mesma trabalhou 20 anos na prefeitura? fica a questão. Como minha sogra tem muitas pessoas, inúmeras vítimas desses políticos inescrupulosos que assolam a cidade e lesam os cofres do erário. À minha sogra, que partiu, deixo o meu registro e minha revolta, com muito carinho pela mesma...Porque acompanhei todo o sofrimento dela, que nunca se lastimou ou acusou responsável algum...Que Deus te abençoe sempre Dôdoi !

0 comentários