.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quinta-feira, 16 de julho de 2015

PARA O POBRE ,PRETO - A LEI . PARA OS SENADORES, DEPUTADOS E POLÍTICOS - A DEMOCRACIA

OS SENADORES E DEPUTADOS ESTÃO INCONFORMADOS COM A DUREZA DA LEI SOBRE SEUS OMBROS.




A verdade é que o magistrado Moro, está fazendo história no Brasil de de 2015, marcou para sempre de forma indelével a sua assinatura no combate a corrupção; ainda que esteja tímido no que diz o envolvimento de partidos como o PSDB  e Aécio Neves ( ainda muito a ser esclarecido). Mas os "pilantras" da Nação estão grunhindo e urrando porque estão sendo investigados, presos e tendo suas residências invadidas; tal como acontece com o preto , pobre da periferia. 
Gritam inocência. Esquecem-se que muitos inocentes pobres estão presos, sem respeito ao devido processo legal, com prazos processuais vencidos e superados e no entanto estão presos; muitos sob a alegação de periculosidade para a sociedade.
Aqueles ladrões que roubam milhões, fazendo com que o preto pobre da periferia passe fome , não tenha emprego, se torne viciado ou traficante; não seriam pessoas da mais alta periculosidade? Não são bandidos ( que portanto, para muitos da sociedade, deveriam está mortos? Pois, bandido bom é bandido morto?)
Moro, talvez tenha conhecido muito bem a história do "Barão de Mauá", que sendo legitimo o seu pleito, morreu pobre porque o juiz foi comprado. Moro, não foi corrompido, não deixou por menos e, tocando profundamente na ferida dessa gente, providenciou a ferro e fogo, tocar uma investigação que expôs as vísceras e a verdadeira face de pessoas que se acham intocáveis, acima da lei. São todos "inocentes", vítimas do sistema; não roubam, não se locupletam e não cobram propina. Com salário de Senador e Deputado (algo em torno de 30 mil reais) em sua maioria tornaram-se ricos ou são ricos; resguardado os empresários eleitos.
Mas claramente inconformados, por serem desmoralizados como o ex Presidente Fernando Collor , mais uma vez pego pelo "rabo" ou até o próprio Renan Calheiros; que no passado recente pediu pra sair porque foi pego pagando pensão pra amante com dinheiro público. Essa gente não aprende, e no entanto clamam a democracia, mas esquece-se das delegacias cheias, superlotadas de flagrantes forjados, dos delegados que ligam de madrugada para casa dos familiares de presos para cobrar fiança, perseguições de quem tenta recomeçar a vida e carregam consigo a pecha de ex detento e que portanto podem ser perseguidos e discriminados. Eles, os senadores e os deputados, devem  (acreditam) permanecer impune, não prestar contas à sociedade. O erro já começa no  STF, quando Ministros que deveriam ser concursados, são sabatinados pelos senadores para que possam tomar posse na mais alta Corte do país e que decidirá sobre o futuro de sacripantas que são acusados de lesar a pátria, mas continuam zombando da justiça. Que justiça? Onde está a justiça? Nas mãos de magistrados como o Juiz Moro ? Ou na consciência de todo cidadão, muito mais preocupado em se dar bem na vida, do que com o senso comum de justiça e respeito à dignidade da Nação?

0 comentários