.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 1 de maio de 2011

NO DIA DO TRABALHADOR EM PAULO AFONSO, O QUE SE PODE COMEMORAR É O DESEMPREGO!









NO DIA DO TRABALHADOR EM PAULO AFONSO, O QUE SE PODE COMEMORAR É O DESEMPREGO!


Por: Cecílio Almeida Matos

Que chegamos ao fundo do poço não se tem duvidas, (de novo repetindo isso???)

É, mais infelizmente não se pode iniciar uma narrativa sobre tamanha adversidade nesta cidade se não for registrando que estamos no fundo do poço, com jovens desempregados, nas frentes das casas e sentados nos passeios públicos, conversando fiado e se perguntando o que fazer agora que terminou o ensino médio.alguns respondem: “quer fumar umzinho?” .

Olhe agora na calçada, vejam quantos estão ali, largados, sentados sem fazer nada, sem esperança de dias melhores vivendo em sua maioria da pensão dos pais que se aposentaram pela CHESF ( em sua maioria)

Os filhos de Paulo Afonso, só têm empregos se forem em cargos comissionados no poder publico, porque emprego não tem e políticas de geração de renda e emprego também não se vê....

Aqui pra nós, heim, Paulo Afonso esta uma droga (literalmente)...sem emprego jovens e pais de família da classe menos favorecida vivem de bolsa isso, bolsa aquilo e de migalhas do serviço informal e como se não bastassem muitos ainda são perseguidos quando se abancam como ambulantes nos meios das avenidas. Ah é porque não pagam impostos, dizem os facínoras. Preferem que pais de fiquem dependente das migalhas que são lançadas a mão cheia de nada....

No vazio, o coitado, sofrido e desempregado, perde o seu olhar e sua esperança, na fé nordestina de dias melhores, eis que todo o seu destino está depositado nas mãos de políticos e gestores que nada fazem para dar uma vida melhor a jovens e pais de família desempregados.

É incrível como o índice de desemprego nesta cidade é grande, empregar alguém aqui é quase um favor e as pessoas ficam eternamente gratas a quem empregou.... daí o porque de muitos empresário tripudiarem sobre os direitos do trabalhador, ainda tem o agravante de que em muitos casos não existe a real fiscalização do trabalho....

Então comemorar o que no dia do trabalhador? A esperança de dias melhores, a fé de um dia após o outro? Ou a nomeação dos concursados, que possivelmente jamais virá?

Aos pais de família e jovens desempregados, meus respeitos e minhas saudações pela passagem deste dia de fé e esperança. Não sei realmente se posso afirmar, feliz dia do “trabalha-a-dor”. A esperança é a ultima que deve ser assassinada... Ajoelhem-se antes que a matem!

0 comentários