.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Paulo Afonso é mais vítima do que algoz

 

Paulo Afonso é mais vítima do que algoz

Redação
redacao@ozildoalves.com.br

Por: Cecílio Almeida Matos
Não tem outra; á fato que Paulo Afonso, é muito mais vítima do que algoz dos seus próprios políticos. Estão muito mais preocupados em cargos comissionados e garantir o repasse de verbas de manutenção partidária do que assegurar melhorias para a população e a cada momento um novo "elemento" da base aliada, adicionado ou não, vem a público anunciar mais uma novidade pirotécnica.
Tenho tomado como causa pessoal a situação da BA 201 trecho Canindé/Paulo Afonso, onde tive o meu carro quebrado e verifiquei que houve um custo de construção de uma obra que nunca terminou e precisa ser investigada para se saber o que fizeram com todo esse dinheiro de uma rodovia inacabada com uma ponte que não serve pra nada.
Mas o fato é que esse povo sofrido tem participação ativa na cegueira construída com fogos de artifícios em palanques mambembes que mudam de posição a cada novo sopro de um vendaval político. Todas as vezes que essa troupe se ver ameaçada de perder o poder, aliam-se a novas "bases aliadas" ao custo e preço  da alma vendida ao diabo em detrimento do povo.
Que você mude de partido, porque não acredita mais na ideologia  do partido tudo bem, mas mudar porque mudam os ventos que sopram, para ver favorecido os seus interesses políticos, aí meu "irmão" só podemos concluir que a cidade é mais vítima do que algoz.
Vejam só, 465 quilômetros separa a cidade de Paulo Afonso da capital baiana, ou seja não é o fim do mundo e nem a esquina onde o vento fez a curva, mas ainda assim políticos e lideranças preferem que as coisas sejam tangidas como se fossem á época do coronelismo, como se Paulo Afonso fosse o Ú do mundo,onde nada e nem ninguém pudesse ter olhos para a cidade.alguns preferem assim. Na moita, à surdina, calados, para que a verdade e o olhos das câmeras e da imprensa não se voltem para a cidade.
Alguém vê a TV BAHIA, bandeirantes, Record, TVE e etc com escritórios, fazendo matérias denunciativas aqui? Não. Tudo aqui é abafado, fica na imprensa local e olhe lá.
A esse fisiologismo cujo preço é altíssimos só podem culpar os responsáveis, nunca o povo, a cidade!
O preço desse fisiologismo são os cargos comissionados do município e quem sabe alguns da CHESF !
Isso porque enquanto gestor que no primeiro bimestre teve uma receita de 140 milhões de reais (leia-se bem: 140 milhões de reais) ainda assim, a gestão tem sido pusilâmine, franzina e incapaz de atender a população pelo menos em serviços básicos, tais como educação e saúde.
A ilusão de mudança de partido é tão somente pela briga da cadeira e vejam só: Mario Negromonte esta com a base aliada, Rangel é PT, agora o prefeito vai pra "base aliada" e se duvidar até os deuses vão para "a base aliada", todo mundo afim de garantir uma boquinha e se manter no poder junto " base aliada"!
O raciocínio é lógico e matemático:
Se o Governo Federal é PT, se o governo estadual é PT, por dedução para obter mais vantagens e recursos, os grupelhos políticos têm que ir para a base aliada (palavrinha bonita) não por causa de ideologias, mais por causa de interesses pessoais e sobrevivência política.
É simplesmente assim: toma lá da cá!
E o povo CEGO, SURDO, MUDO E BURRO! Com certeza não tem culpa de ser assim, afinal vendem-se a idéia que Paulo Afonso é uma cidade do velho Oeste e quem manda será sempre o "Xerife". Portanto, haverá sempre um "messias" prometendo mundos e fundos que jamais se cumprirá, enchendo os olhos da grande vítima, ou seja, Paulo Afonso, cuja prosperidade só chega para meia dúzia de empresários, uma dezena de políticos e alguns peripatéticos que rondam o poder, sempre de joelhos implorando por cargos públicos, sem concursos.
Democracia é assim mesmo... É a arte fisiológica de mudar de pensamento quando a conveniência da sobrevivência política é imperativa. 
fonte: http://www.ozildoalves.com.br/internas/read/?id=9800

0 comentários