.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 27 de julho de 2012

BEMVINDO SEQUEIRA, UMA AMIZADE CULTURAL DE 33 ANOS- HOMENAGEM


LEMBRANÇAS, SAUDOSISMO E AMIZADE...
HOMENAGEM AO VELHO E BOM AMIGO BEMVINDO SEQUEIRA
que já foi Benvindo Siqueira


Meu deu ao luxo e o prazer de conhecer o amigo Bemvindo Sequeira em 1979, quando o mesmo, levado por Lúcia Di Sanctis, foi ao teatro do ICEIA- antigo Instituto Central de Educação Isaias Alves- promover uma oficina de teatro, disciplina integrante do curso de Magisterio, o qual eu fizera. Denominado de “FM”  formação para o magistério. O teatro do ICEIA na época era bem aproveitado, promovendo  festivais, shows e eventos. Na época minha peça “Nordeste Fantasia” ganhou o concurso de autores teatrais.
Pois bem, logo depois, mantendo a amizade com o “professor” Benmvindo, fiz o evento “Frevo in Bahia” no mesmo período em que foi realizado o “Rock Rio in Brazil”- era o primeiro Rock Rio, e eu fiz na Associação Atlética da Bahia –AAB, o “frevo in Bahia”. Aturdido com tanto trabalho e infelizes resultados, fui passar meu primeiro Reveillon no Rio de Janeiro em Copaca-cabana, com o amigo Bemvindo. A magia dos fogos, da novidade e  de um mundo diferente do que estava acostumado a ver, me encantaram que Bemvindo teve que me aturar no apartamento dele por 15 dias.
Depois morando, com Carla, Aragão minha ex noiva, ele mais uma vez nos recebeu no apartamento dele na Barra da Tijuca e ainda aturou uma discussão de casal idiota por ciúmes.
Passados tantos anos e vendo o meu amigo que passou por tantas metamorfoses e dificuldades morando no Rio Vermelho, em frente ao Quartel do exercito e fazia quibe cru para almoçarmos quando ia á praia no AP dele ou quando já estava na Globo, fazendo “Tieta do Agreste”, sempre foi próximo e jamais esqueceu dos amigos ou tornou-se presunçoso,metido e pedante. Manteve-se louco, inteligente...menos combativo politicamente é verdade, pois juntos, muitas vezes levantamos bandeiras que doía no coro da gente.
Salvador era outra, a cultura manifestada fervilhava de ideias e o bar dos estudantes e ponto de discórdia e debates intelectivos era o “quintal” no teatro “Vila Velha” ou “toalha da saudade”- do saudoso “batatinha”. Benvindo marcou uma época e fez sozinho, na Bahia um teatro de comédia, que hoje a maioria dos comediantes seguem; stand up comedy, nome chique para um ator sozinho no palco.
Fica registrado minha homenagem a um amigo de 33 anos, é muito tempo;quando batíamos boca,com o maluco do Sérgio Nunes Sampaio Barros, com filosofia de puro devaneios. Sem esquecer de tantos e tantos momentos juntos, tanto no Rio, quanto em Sampa, quanto em Salvador.
Agora quase que velinho, fazendo aniversário, o que ele com certeza não quer é terminar na “casa dos artistas” em Jacarepaguá, coisa que ele sacaneava quando Carla dizia que morava lá.
Caro Bemvindo, uma grande abraço, uma grande lembrança, que viva por mais 200 anos de sucesso, como um verdadeiro Highlander que somos!

0 comentários