.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

NO BRASIL; CORRUPTO DESCARADO,SAFADO E LADRÃO, CONSEGUE SER DEPUTADO E DÁ UMA BANANA PARA O STF,PODE?

José Genoíno volta à Câmara dos Deputados como suplente . O condenado no julgamento do mensalão vai ocupar a vaga de Carlinhos Almeida, novo prefeito de São José dos Campos, em São Paulo.


Em dia de posse em Brasília, José Genoíno volta à Câmara dos Deputados mesmo depois da condenação no julgamento do mensalão. Ele pode assumir o cargo, e já entregou os documentos exigidos para tomar posse nesta quinta à tarde.
Ele foi eleito suplente em 2010, e volta à Câmara na vaga de Carlinhos Almeida, novo prefeito de São José dos Campos, em São Paulo.
Salão verde vazio e plenário da Câmara fechado. Em pleno recesso, 14 novos deputados tomam posse nesta quinta-feira (3), na sala da Presidência. Eles assumem vagas deixadas por deputados que renunciaram porque foram eleitos para prefeituras ou se licenciaram para assumir outros cargos.
Entre os que tomam posse está o ex-deputado do PT José Genoíno, que mesmo condenado no julgamento do mensalão a 6 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha, resolveu voltar à Câmara com o apoio do partido.
Os ministros do Supremo decidiram que a condenação leva à perda de mandato, mas só depois que a decisão for publicada e terminar o prazo para recursos, o que ainda deve levar alguns meses.
De acordo com o primeiro-secretário da Câmara, deputado Eduardo Gomes, que vai conduzir a solenidade de posse, não há nada que impeça Genoíno de assumir o mandato.
“Apesar da condenação no Supremo, não há nada nesse momento que faça com que a Câmara deixe de dar posse àquele suplente que vem imediatamente ao parlamentar que saiu para ser prefeito ou secretário de Estado”, afirmou.
Para o presidente do PPS, deputado Roberto Freire, Genoíno não deveria assumir o mandato agora. “É um constrangimento nacional, não tenha dúvida. Condenado por crime comum e assumir o mandato quando está se discutindo exatamente a cassação daqueles que já têm mandato”, disse.
José Genoíno esteve na Câmara na quarta (2), mas não quis dar entrevista. Ele se irritou com as perguntas de um repórter. “Eu falo amanhã depois da posse, e você está me provocando. Seu torturador moderno”, falou.
Em nota, o advogado de José Genoíno, Luiz Fernando Pacheco, disse que até o Supremo proclamar o resultado do julgamento do mensalão, é um dever de José Genoíno assumir a vaga de deputado, em respeito aos mais de 90 mil eleitores de São Paulo que votaram nele.
FONTE: G1.GLOBO.COM

0 comentários