.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

PREFEITO DE PAULO AFONSO, NA BAHIA, NÃO SE SENSIBILIZA COM OS JOVENS DROGADOS

A DROGA E O CRACK ESTÃO MATANDO CRIANÇAS, ADOLESCENTES E JOVENS POBRES E DESEMPREGADOS NO NORTE DA BAHIA



Paulo Afonso é uma cidade situada ao norte da do Estado da Bahia, fica a 465 quilômetros da capital Salvador; tem uma boa renda para uma cidade com 120 mil habitantes, dos quais 80 mil estão praticamente na zona rural, recebe dinheiro da geração de energia da CHESF além dos repasses federais aos quais faz jus.
Uma cidade paradisíaca com o vício da corrupção engessado na administração pública de tradição longínqua...o dinheiro e as fortunas tem suas origens na mamata da vaca leiteira das tetas da administração pública.
Hoje, sem uma atuação eficiente padece do mal do desemprego generalizado e da falta de políticas públicas voltadas para os jovens e projetos sociais de empregabilidade. É uma desgraça só! Viciados em crack se alastram por toda a cidade e em todas as camadas sociais; principalmente junto aos pobres e mais carentes; que desanimados, desiludidos veem no mundo do crime a solução para o desespero do vício. Insensível a tudo isso, á frente do comando da nau naufragante está o prefeito local que nada faz para efetivamente combater a corrupção e retirar da lama esses jovens viciados.
Como uma cidade com 120 mil habitantes pode ter tantos viciados, sem que se identifiquem os traficantes e prenda-os? Gente quase  "graúda" estaria por detrás do narcotráfico? Como essa merda de droga chega na cidade para o consumo,sem que ninguém descubra os responsáveis? Porque até agora a prefeitura não criou uma casa de acolhimento aos viciados para a devida recuperação? E olhe que o prefeito é médico.Mas, a bem pouco tempo tinha um Secretário de saúde que gastou 47 mil reais com salgadinhos, lanches e docinhos....Talvez soe como uma sarcástica piada de mau gosto ,talvez soe. Mas é verdade. Médico, prefeito ausente e alheio aos problemas sociais, está mais voltado para propaganda eleitoreiras do que realmente cuidar dos problemas da cidade: EMPREGO E VICIADOS.
Talvez no "sentir" do prefeito o vício não é um problema municipal, é algo relativo á violência e de competência exclusiva do Estado. Oda-se o pobre, o viciado e o desempregado.O importante são as tetas da vaca leiteira sustentando um grupo político no poder por anos a fio, fazendo-nos cada vez mais ricos...

0 comentários