.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

segunda-feira, 3 de junho de 2013

VEREADOR ACUSADO DE HOMICÍDIO EM PAULO AFONSO; DIZ NA CÂMARA QUE SERVIDOR QUE CHEGA MAIS CEDO AO TRABALHO COMETE CRIME DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

SERIA UMA PIADA, VINDA DO VEREADOR ACUSADO DE HOMICÍDIO DOLOSO EM PAULO AFONSO NO NORTE DA BAHIA AO AFIRMAR QUE UM MÉDICO QUE CHEGA MAIS CEDO AO TRABALHO COMETE CRIME DE IMPROBIDADE POR DESRESPEITO À HIERARQUIA.

BEM, VINDO DA AUTORIA DO MESMO, É POSSÍVEL SE ESPERAR QUALQUER AFIRMAÇÃO PARECIDA!

Discussão sobre saúde prolonga sessão da Câmara de Vereadores

Washington Luís – DRT/BA nº 4.109 – Agência ANPA

Foto reprodução
O primeiro debate considerado como o mais acirrado da atual legislatura da Câmara Municipal de Paulo Afonso aconteceu nesta segunda-feira (03) prolongando a sessão por mais de duas horas e tendo como principais protagonistas os vereadores Antônio Alexandre (PL) e Luiz Aureliano (PT).
Nos últimos minutos da reunião parlamentar, quando o primeiro secretário Ivaldo Sales (DEM) já se preparava para a leitura das matérias constantes na ordem do dia, Antônio Alexandre apresentou requerimento verbal solicitando o retorno do Doutor Túlio ao exercício de suas atividades de medicina no PSF do BTN III, segundo ele, atendendo a um abaixo assinado de mil moradores daquele bairro que consideram o profissional como o melhor para trabalhar naquela unidade, por ter o hábito de chegar mais cedo e iniciar o atendimento antes das 7h, o que para o ex-secretário de saúde se constitui em improbidade administrativa e desrespeito à hierarquia do serviço público.
“O Doutor Túlio pode ser um excelente médico que ganhou a simpatia dos moradores do bairro, mas o que ele não pode fazer é instituir seu próprio horário de trabalho, alterando a rotina de funcionamento do PSF e ignorando as determinações da Secretaria de Saúde; eu voto a favor do requerimento pela sua volta, desde que ele cumpra o expediente normal como fazem todos os outros profissionais”, disse Aureliano.
O autor do requerimento por sua vez, discordou do ponto de vista do colega de bancada, afirmando que nesses casos o que deve prevalecer é a vontade do povo, já que um dos compromissos de campanha do Prefeito Anilton Bastos foi ouvir a opinião popular e procurar resolver os problemas apontados pela população da maneira mais conveniente para a maioria.
“Existe um abaixo assinado onde mil pessoas daquela comunidade pedem a volta do Doutor Túlio, o que comprova que se trata de um bom médico; e se o seu trabalho estava satisfazendo à comunidade e o que nos interessa é a satisfação do povo, por que não atendermos a esse pedido, se é para o povo e não para o secretário de saúde que nós trabalhamos?”, questionou o parlamentar.

0 comentários