.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

ARACAJU CHORA A PERDA DO SEU MAIS FAMOSO POETA : ARARIPE COUTINHO

MORRE EM ARACAJU, AOS 45 ANOS O POETA CONTEMPORÂNEO MAIS BRILHANTE QUE A CIDADE JÁ TEVE: ARARIPE COUTINHO


MORRE EM ARACAJU, o poeta e amigo Araripe Coutinho.
EM 1998, APÓS dois anos preso injustamente em Aracaju, tive um único amigo que não me discriminou. Após minha soltura, com todo amor e candura do mundo; ofereceu-me um jantar em sua casa, com alguns amigo. Dizia que eu era o típico escocês brasileiro, de saias e "macho"...Conheci essa pessoa fenomenal em 1993 quando morávamos no mesmo prédio no Centro de Aracaju. Nunca o esqueci e nunca deixei-lhe de ser grato. Que descanse em paz o meu amigo amado e eterno querido, Araripe Coutinho, Que Deus o ampare amigo, sempre; porque louco e bondoso é o seu coração de poeta. Beijos Cecilio Almeida Matos, as vezes de sacanagem eu chamava ele de Araripe "escrotinho"...

Poeta e jornalista Araripe Coutinho morre em Aracaju

Notícias Sergipe
 Crédito fotos:  Fotógrafa Maria Luíza foz
Da Redação
O poeta e jornalista Araripe Coutinho, 45 anos, faleceu nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (9). Segundo informações de Sergio Labomdi, em entrevista a Ilha FM, Araripe foi encontrado sem vida, caído no chão do seu quarto, em sua residência no Bairro Industrial, em Aracaju. Na semana passada, ele sofreu uma queda durante uma festa e desde então passou a reclamar de dores nos ombros.  Segundo o SAMU, a causa da morte teria sido infarto, em função do estado em que o corpo foi encontrado. Em julho passado, ele foi internado para tratar de uma pneumonia e vinha passando por outros problemas de saúde. 
Natural do estado do Rio de Janeiro, o jornalista adotou Aracaju como a sua terra em 1979. O entusiasta da cultura que no próximo sábado (13) celebraria mais um aniversário, recebeu os títulos de Cidadania Aracajuana e Sergipana e é membro da Academia Sergipana de Letras. Foi diretor da Biblioteca Pública Municipal.
O velório do poeta deve ocorrer no volatório da Osaf, rua Itaporanga, no Centro de Aracaju, ainda nesta terça. 
Foto: Arquivo Pessoal

2 comentários

Iza Foz 10 de dezembro de 2014 14:29

Foto tirada por mim em 31/10, no Bairro Industrial.

Iza Foz 11 de dezembro de 2014 21:41

Muito obrigada, Cecílio😊