.

.

Total de visualizações de página

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

domingo, 1 de fevereiro de 2015

A "CANECA" DO TERROR NO JUDICIÁRIO BAIANO

SERVIDORA DO JUDICIÁRIO BAIANO E CRONISTA FALA SOBRE UM PRESENTE DE GREGO QUE O TRIBUNAL DE JUSTIÇA BAIANO CONCEDEU A TODOS OS SERVIDORES


*Irene Dores

A CANECA DO TERROR

No meu lugar de trabalho tudo é muito "in" : interessante, inimaginável, importante/impotente, às caneca do terror". Já pensou, você recebe essa coisinha bonitinha, olha para ela é se pergunta; e aí será que posso pegar nisso? E se quebrar perco meu emprego? E se... levar pra casa respondo a um PA? E se sumir aqui no trabalho serei responsabilizado (a)?
vezes insuficiente, e nem vou nominar outros ins porquê levaria o dia inteiro para fazê-lo. Muitas demandas aqui são colocadas pelos sindicatos com retornos insuficientes e demasiadamente demorados, isso quando o assunto é em nosso favor. Mas agora surgiu uma demanda bacana e que está sacudindo o Judiciário (meu lugar). Que demanda foi essa? Uma caneca, "a
Pois é , a cada dia que passa nós os servidores recebemos mais incentivos de forma inversa, sacaram? Uma canequinha de R$1,99 causando tanto frisson, aterrorizando a população do Judiciário e gerando comoção negativa, ou deveríamos chama- lá "presente da Al- Q a e da"? Uma espécie de bomba que explode nas mãos de que a segura. Afinal a coitada assombra quase tanto quanto os matadaores dos jornalistas franceses, só com uma diferença, aqui a gente recebe e precisa "cuidar" sob ameaça, lá eles detonaram logo, ufa! Estamos levando a melhor.
A caneca do terror é multifuncional, você tem que beber água, chá, café, enfim tudo que for líquido. Eca! beber água na caneca de louça é estranho , vou preferir trazer uma garrafinha de casa.... Oba! E os advogados e as partes, cadê a caneca deles? Vamos ter que emprestar as nossas? Talvez eles façam como eu, cada um traga sua garrafinha, aí vai ser um festival de garrafinhas nos corredores dos Fóruns e Juizados que, com sorte atrairá a imprensa, quem sabe o fantástico para mostrar que a falta de água atingiu o Judiciário baiano e as pessoas, inclusive os servidores precisam levar suas águas de casa.
Pensando bem a imprensa falará a mesmo é da falta de verba que fez com que o Judiciário baiano não tivesse condição de comprar copos descartáveis, obrigando os seus servidores a usarem uma caneca padronizada, barata e terrorista.
A caneca do Judiciário baiano vale mais que os servidores. Parabéns para nós e viva a CANECA!

*Irene Dores é servidora da Justiça Baiana ,Jornalista e Cronista

1 comentários

Manus Max 2 de fevereiro de 2015 06:26
Este comentário foi removido por um administrador do blog.